Noticias
História
Galeria
Geoparque
Tradições
Locais de interesse
Informações
Alojamento
Localização
Associações
Livro de visitas
 
Orgãos autárquicos
Obras
Painel informativo
Regulamentos
Heráldica
Contactos
 
 
 
 
Geoparque Arouca

É na freguesia de Canelas que se encontra o centro de interpretação do geoparque de Arouca, um espaço delimitado com o intuito de preservar e promover um excepcional património geológico.

O “Geopark Arouca” corresponde à área administrativa do concelho de Arouca e, de entre os 41 geosítios referenciados, oito estão localizados na freguesia de Canelas: a praia fluvial do Vau, a Gola do Salto, os icnofósseis da área de Vilarinho, o conglomerado de Carbónico, os diamictitos glaciomarinhos fini-ordovícicos, os graptólitos do silúrico inferior, a crista quartzítica da Gralheira d’água e a colecção de fósseis do Centro de Interpretação Geológica de Canelas.

De entre o património geológico do geoparque salientam-se as trilobites gigantes de Canelas, freguesia que, em 1999, assumiu a segunda representação mundial de fósseis em heráldica. As trilobites eram artrópodes marinhos que viveram exclusivamente nos mares do período Paleozóico. As principais espécies encontradas em Canelas são: Ectillaenus giganteus, Hungioides boehmicus, Neseuretus avus, Nobiliasaphus delesse, Ogyginus forteyi, Placoparia cambriensis, Retamaspis melendezi, Colpocoryphe thorali conjugens.

A missão do Geopark Arouca passa ainda por promover a educação ambiental e o turismo sustentado, missões que, tal como a preservação do núcleo geológico, estão confiadas à Associação Geoparque Arouca. A estratégia engloba também a promoção da etnografia, artesanato e gastronomia regionais.